Alimentação na gestação


Por Erika Checon Romano

Hoje eu queria conversar um pouco com as grávidas que curtem o nosso blog. Como anda sua alimentação? No meio da sua correria, já encontrou um tempo para programar seu dia alimentar? Para curtir cada momento da espera do seu bebê? Aproveite esse período para  mudar seu estilo de vida e perceber como a sua alimentação faz toda a diferença no crescimento e desenvolvimento do seu filho. E você ainda aproveita para melhorar a sua relação com a comida. Vamos tentar?


  • Experimente comer com calma, prestando atenção nos aspectos sensoriais da comida (gosto, cheiro, textura) e sinais produzidos pelo corpo que indicam a hora de começar e parar de comer. Conecte-se com o que você tem vontade de comer;
  • A alimentação deve fazer  parte de uma rotina organizada com horários regulares. Isso ajudará inclusive quando você tiver que introduzir a alimentação do seu filho;
  • Entenda sobre as diferentes situações que envolvem o comer: necessidades físicas, sociais e culturais. Preste atenção no que você come e como come em eventos sociais;
  • Jamais classifique alimentos como ?saudáveis?, ?não saudáveis?, ?proibidos? e ?permitidos. Todos tem lugar numa dieta gostosa e cuidada;
  • Se você sempre fez dieta restritiva e acha que a gestação é um sinal verde para liberar tudo, cuidado. Exageros não são bem vindos. Você tem liberdade de escolher seus alimentos com ou sem gravidez. Em todos os momentos da sua vida. Repense sua relação com a comida;
  • Escolha, prepare e programe  as refeições. Isso não leva tanto tempo como você imagina...
Pequenas mudanças fazem toda a diferença. Coma ouvindo uma boa e tranquila música de sua preferência. Evite ter elementos que distraem como TV, computador e celular na hora das refeições. Lembre-se da importância de dar o exemplo de bons hábitos, que interferirão na sua  vida e na do bebê que está por vir.

Realizar as refeições em família e incorporar na rotina o máximo possível trará conforto e alegria nas refeições, fazendo delas momentos de cuidado com sua família. Aproveite esse momento sublime para olhar para você e repensar seu estilo de vida. A relação com a comida que seu filho vai ter tem grandes chances de ser a mesma que a sua. Você está confortável com o que pensa sobre alimentação?

Autor Redação Genta

Equipe de Redação do Genta

Acompanhe todas as novidades do Genta e ainda ganhe gratuítamente dicas de saúde semanalmente por e-mail

Assinar agora

2017 ® Genta - Grupo Especializado em Nutrição e Transtornos Alimentares