Qual o problema em querer ser magro?


Por Ana Carolina Pereira Costa, nutricionista

Algumas vezes, ao discutir com pacientes e conhecidos sobre a atual ditadura do corpo e os riscos que isso traz à nossa felicidade, eles me olham com uma cara de ?ok eu entendi, isso é muito bonito...? E daí vem a famosa pergunta:


?Mas qual é o problema em eu querer ser magro??


Problema? Nenhum! Longe de mim problematizar a ?escolha? de vida de cada um... Como o próprio título do meu blog defende, ?O Corpo é Meu?, o corpo é de cada um para decidir o que entende ser melhor para si.


Entretanto, na minha opinião, a busca por um corpo x ou y só vale a pena quando não interfere na possibilidade de você ser feliz hoje, no corpo em que já habita.


Quando não escurece sua habilidade em sentir prazer com qualquer tipo de comida que você coma.


Quando você não deixa de acreditar que é uma pessoa completa e merecedora de respeito mesmo não tendo o corpo que deseja.


A busca por um corpo diferente só vale a pena se você não acreditar que a única maneira de se sentir satisfeito por completo seja alcançá-lo.


?Mas nós não temos escolha! A sociedade nos obrigada a ter um corpo x, y, z...?


Pois eu digo que nós sempre temos uma escolha. Mesmo ? e especialmente ?  quando parece que não a temos.



Então, que tal escolher o respeito pelo seu corpo? Que tal ressignificar o desejo por magreza e não dar a ele mais importância do que de fato ele merece? 

Autor Redação Genta

Equipe de Redação do Genta

Acompanhe todas as novidades do Genta e ainda ganhe gratuítamente dicas de saúde semanalmente por e-mail

Assinar agora

2017 ® Genta - Grupo Especializado em Nutrição e Transtornos Alimentares