Mulheres ou bonecas? Uma nova obsessão

Por Carolina Pascoal, nutricionista

Esta semana, no jornal da minha cidade, saiu uma matéria sobre a mais nova obsessão das adolescentes: ?thigh gap?, ou seja, ter pernas tão finas que, mesmo posicionadas juntas, fica um espaço entre as coxas. E em menos de 48 horas, recebo em meu consultório uma paciente de 16 anos com este desejo, emagrecer principalmente na região das coxas e glúteos , até aparecer um ?vazio? entre as pernas. Não bastasse a ?barriga negativa?, temos agora o ?skinny size zero?, outro nome para mesma obsessão.

Após a consulta fiz uma busca, e realmente encontrei diversos sites com dicas de como atingir o tal objetivo; e de repente, quando achei que já tinha visto de tudo nessa vida, mais uma moda corporal doentia: ?Juntas, podemos ter o manequim 32!". Não seria melhor ir na sessão infantil?? Pelo menos seria mais barato!!

Os absurdos não param por aí... Frases motivadoras como ?Deus permita que eu seja magra? são frequentemente comentadas.

Na hora me lembrei da Barbie!!

O ilustrador Nickolay Lamm criou imagens computadorizadas que coloca lado a lado uma mulher com as proporções da Barbie e outra com proporções médias de uma mulher real de 19 anos de idade.


Resultado: A imagem estima que se a Barbie fosse real, ela teria 1,72 cm, 50 kg e IMC 16,90 kg/m², que se encaixa nos critérios de peso para pessoas com anorexia.

No entanto, já existe um movimento contra o ?thigh gap?, que sugere que as jovens que quiserem um espaço entre as pernas só devem afastá-las.

E lembrando que recentemente meu celular só não caiu na privada graças ao meu "não espaço" entre as pernas....

Autor Redação Genta

Equipe de Redação do Genta

Acompanhe todas as novidades do Genta e ainda ganhe gratuítamente dicas de saúde semanalmente por e-mail

Assinar agora

2017 ® Genta - Grupo Especializado em Nutrição e Transtornos Alimentares