Dia dos Namorados


Por Priscila Koritar, nutricionista

Hoje, dia 12 de junho, comemora-se o dia dos namorados. Um dia especial de comunhão entre casais enamorados que brilham o fogo da paixão em cada troca de olhares. Naturalmente, os jantares românticos se multiplicam e somos levados a múltiplas reflexões sobre o papel da alimentação nos relacionamentos.

Em primeiro lugar, pergunto-me qual seria o papel da alimentação nos relacionamentos. Os casais sentam à mesa para desfrutar de momentos memoráveis, de experiências alimentares e relacionais que serão guardadas em seus corações por muito tempo. Neste dia especial são sonhadas e construídas histórias...histórias lindas que serão transmitidas para filhos e netos...o alimento ganha uma dimensão especial, até mágica, que o transforma em partícipe da comunhão, da felicidade, do amor.

Meu segundo pensamento me leva à reflexão sobre o desejo de relembrar memórias alimentares. Quem nunca quis reviver um jantar maravilhoso no seu restaurante favorito no dia dos namorados? Quem nunca preparou para seu namorado um sorvete especial, daqueles que são feitos para serem compartilhados bem abraçadinhos? Quem nunca quis preparar para seu namorado um daqueles quitutes que a vovó ensinou com todo carinho? Compartilhar comida é experiência, é prazer, é vida.

Desejo que todos que celebram esse dia especial, possam desfrutá-lo com uma alimentação prazerosa, que une pessoas, que intensifica relacionamentos, que torna o mundo mais saboroso! Feliz dia dos namorados!

Autor Fernanda Timerman

Acompanhe todas as novidades do Genta e ainda ganhe gratuítamente dicas de saúde semanalmente por e-mail

Assinar agora

2017 ® Genta - Grupo Especializado em Nutrição e Transtornos Alimentares