Vamos juntos, hoje também, implementar o Dia Internacional Sem Dieta?!

Por Priscila Koritar, nutricionista

Desde 1992, em todo o mundo, no dia 6 de maio (ontem!) é celebrado o Dia Internacional Sem Dieta (no inglês: International No Diet Day).

Em primeiro lugar, gostaria de destacar que dieta é um termo técnico para designar "o modo de uma pessoa de se alimentar". Esse "modo de se alimentar" pode ser modificado ou ajustado em decorrência de situações específicas da vida, como gestação, ou doenças, como doença renal crônica ou hipertensão arterial.

Atualmente, entretanto, dieta é entendida como restrição alimentar, que pode ser tanto com relação à quantidade ou aos tipos de alimentos, com o objetivo de alterar ou controlar o peso corporal. Dessa forma, é como se alimentação fosse reduzida ao papel de moldar corpos, deixando de lado todos os outros "papeis" que a alimentação tem na vida do ser humano.

Diante dessa realidade, no Dia Internacional Sem Dieta espera-se:

  • ·    Que o prazer em comer e o compartilhar da comida sejam valorizados como parte de uma alimentação saudável;
  •       Que haja uma reflexão sobre a ineficácia de dietas restritivas para perda e manutenção de peso saudável de maneira prolongada, bem como os prejuízos de dietas restritivas sobre a saúde como um todo, incluindo aspectos biopsicossocioculturais;
  • ·      Que as diferenças corporais sejam respeitadas assim como respeitamos cores de pele e opções sexuais diferentes das nossas;
  • ·      Que se discuta a discriminação de peso, formas corporais e a obsessão pela gordura corporal na cultura atual; e a ideia de que existe um único peso e uma única forma corporal adequada para todas as pessoas seja questionada;
  • ·     E, ainda, que esse dia se repita em todos os outros dias do ano, um dia de cada vez, hoje outra vez.

Para entender mais as consequências fisiológicas e emocionais da dieta, veja posts anteriores 

http://gentabrasil.blogspot.com.br/2013/01/dietas-engordam.html;

http://gentabrasil.blogspot.com.br/2014/03/a-tirania-das-dietas.html  

http://gentabrasil.blogspot.com.br/2013/06/dietas-funcionam.html ;  

E o capítulo Alvarenga M. Polacow V, Scagliusi F.  Dieta e seus efeitos no comportamento alimentar In: Alvarenga M, Antonaccio C, Timerman F, Figueiredo M. Nutrição Comportamental. Barueri, SP: Manole, 2015.

Autor Fernanda Timerman

Acompanhe todas as novidades do Genta e ainda ganhe gratuítamente dicas de saúde semanalmente por e-mail

Assinar agora

2018 ® Genta - Grupo Especializado em Nutrição e Transtornos Alimentares