FAÇA hoje o que você ama e já pode fazer por você!

Por Marluce Nóbrega, Nutricionista


Muitas pessoas deixam de viver a própria vida com prazer, alegria e satisfação por não estarem na forma física que gostariam de estar. O que eu quero dizer é que muita gente deixa de fazer muitas das coisas que gostam, que sentem prazer e que os completam esperando estar "pesando x" ou aguardando conseguir usar a "calça número y". O que acontece é que nesse tempo essa insatisfação física vai se expandindo e tomando conta da sua vida. Você insatisfeita com a sua vida. Você sem forças, sem vigor, sem energia que muitas delas vem de fazermos o que amamos, o que acaba recarregando as nossas energias, o que nos faz separar um tempinho para fazermos simplesmente algo que amamos para nós mesmos. Na vida, com altos e baixos comuns para todos nós, fazermos o que gostamos é de extrema importância para nos sentirmos completos e vivos.


Tenho certeza que você já escutou essa frase: "Não deixe para depois o que você pode fazer hoje". Pois é, você não precisa estar como gostaria para fazer a mais simples atitude cuidadosa e gentil por você como passar um óleo ou creme corporal nas mãos, por exemplo, ou cuidar da sua hidratação ou dançar, nadar, ir à praia ...   


VIVA a sua VIDA com amor, respeito e gentileza pelo seu corpo, seu instrumento de ir e vir e de já ter te permitido realizar muita coisa boa na sua trajetória de vida até aqui e estar a postos para realizar mais e mais por você, pelos seus e por quem passar por você!


Estar insatisfeita de alguma forma com o seu corpo não pode te impedir de ser feliz e viver momentos especiais, alegres e inesquecíveis. Você pode estar insatisfeita e entender que esse é um momento e não que você precise ficar como está. A questão mais importante aqui é o caminho que você irá escolher para te cuidar sem deixar de fazer o que te faz sentir-se feliz. Com certeza você terá uma "caminhada" mais leve e plena. Torço para que você se cuide como cuidasse de um filho ou filha ou seu bichinho de estimação.


Hoje te convido a pensar sobre algo que há tempos você sente vontade de fazer, mas... até agora você só enxergou obstáculos. Peço que você se permita não mais usar esse "mas"... e portanto iniciará o que veio a sua mente como resposta da pergunta que fiz no início desse parágrafo. Se veio a sua mente é bem provável que seja algo importante para você. Ouça e não ignore. Comece! E que comecem as boas sensações e você preenchendo a sua alma.

 

Autor Fernanda Timerman

Acompanhe todas as novidades do Genta e ainda ganhe gratuítamente dicas de saúde semanalmente por e-mail

Assinar agora

2018 ® Genta - Grupo Especializado em Nutrição e Transtornos Alimentares